Destaque

Vídeo: presos postam vídeos na internet cobrando mais “dignidade” na cadeia de Ibiporã

Na noite desta sexta-feira (17), presos publicaram dois vídeos (com o mesmo teor), no facebook onde pedem que a mensagem seja levada as autoridades e a população. Pouco tempo depois da publicação, o conteúdo viralizou, sendo comentado e compartilhado dezena de vezes.

Nos vídeos os presos pedem o que eles chamam de “atenção para a cadeia de Ibiporã”. Segundo um dos presos, que se diz representante da população carcerária da cidade, o objetivo é denunciar o que eles classificam como “desumano”. Na fala o preso diz que todos ali, “têm o objetivo de apenas cumprir nossa perna com dignidade e um pingo de humanidade e respeito”.

Os presos também falam sobre a superlotação da cadeia de Ibiporã, que segundo as autoridades tem capacidade para abrigar 35 presos e atualmente conta com quase 200 detentos. Eles relatam ainda o surto de tuberculose e reclama da alimentação.

“Estamos em quase 200 amontoados, muitos sem lugar para dormir. Surto de tuberculose, problema respiratório, sarna e muitos presos fracos e com baixa imunidade, devido a uma alimentação não adequada. Muitas vezes, a alimentação que é dada pelo Governo vem sempre azeda”, diz o texto.

Ao final do texto, os presos afirmam que a cadeia de Ibiporã é uma “bomba relógio, pronta para explodir” e que espera que a mensagem chegue ao Juiz da Vara de Execuções Penais e Corregedoria dos Presídios da Comarca da Região Metropolitana de Londrina, Katsujo Nakadomari e demais autoridades.

Veja o vídeo abaixo:

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios