Notícias

UEL figura entre as melhores universidades do mundo, segundo ranking

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) e a Universidades Estadual de Maringá (UEM) estão entre as melhores do mundo, segundo o World University Rankings (CWUR) 2020/2021, divulgado na última segunda-feira (8). O ranking classifica as duas mil melhores instituições de ensino superior e é considerado o maior ranking acadêmico.

No cenário brasileiro, em que a Universidade de São Paulo (USP) lidera a classificação, a UEM aparece na 32ª posição e a UEL na 38ª, entre as 57 instituições citadas. Considerando apenas as universidades estaduais, a UEL e a UEM figuram entre as cinco primeiras colocadas.

No Paraná a UEM é a segunda e a UEL a terceira colocada, ficando atrás apenas da Universidade Federal do Paraná. Já na classificação geral, as duas instituições ficaram entre as 1.400 melhores do mundo. Cerca de 20 mil universidades foram avaliadas.

O CWUR avalia quatro indicadores: qualidade da educação, emprego de ex-alunos, qualidade do corpo docente e a produção de pesquisas científicas. O Center for World University Rankings é uma organização que atua em políticas, estratégicas e serviços de consultoria para governos e universidades com o objetivo de melhorar os resultados educacionais e de pesquisa.

Para a assessora especial de Gestão Estratégica da UEM, Márcia Marcondes Altimari Samed, o desempenho da UEM se manteve em destaque nos cenários mundial e brasileiro, conseguindo manter-se ao lado de instituições consolidadas. As duas Universidades do Paraná receberam boas avaliações no quesito pesquisa científica, critério que avalia o número total de trabalhos divulgados; publicação em revistas científicas de referência mundial, além de citações em artigos científicos.

“Figurar no ranking mundial entre as 1.400 melhores instituições é muito importante para a UEL, pois a avaliação leva em conta métricas referentes à pesquisa e publicações acadêmicas, demonstrando o trabalho significativo do corpo docente e dos estudantes da Universidade”, afirmou a diretora de Avaliação e Informação Institucional da UEL, Elisa Emi Tanaka, da Pró-reitoria de Planejamento (PROPLAN).

Com AEN

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios