Saúde

Três hospitais de Curitiba tem 100% dos leitos de UTI para covid-19 ocupados

Com o aumento de casos do novo coronavírus em toda Curitiba e região, três hospitais que atendem a rede SUS já estão com 100% dos leitos de UTI para covid-19 ocupados. São eles, os hospitais da Cruz Vermelha, Erasto Gaertner e Santa Casa, todos em Curitiba. A internação da enfermaria para pacientes com coronavírus também está totalmente lotada nos hospitais Cruz Vermelha, Santa Casa e Hospital do Idoso. As informações são do Portal da Transparência do Governo do Estado.

O aumento progressivo de casos graves de covid-19 também fez com que o Hospital Regional Litoral, que fica em Paranaguá, atingisse 100% da ocupação de leitos de UTI para coronavírus. A situação ainda se repete em Telêmaco Borba, que fica na região dos Campos Gerais. O Instituto Doutor Feitosa apresentava 100% dos leitos de UTI ocupados neste último sábado.

No sábado (27), Curitiba apresentava taxa de 81% de ocupação de leitos da rede SUS para pacientes com coronavírus. Todos que deram entrada no internamento apresentavam sintomas suspeitos de síndromes respiratórias e por isso vão para os leitos exclusivos de covid-19, mesmo sem a confirmação de exames para a doença.

Perto da lotação

Outros hospitais da capital ainda não atingiram sua capacidade máxima, mas estão próximo disso. É o caso do Hospital do Idoso, em Curitiba, que apresenta 97% dos leitos de UTI ocupadas. As informações sobre a taxa ocupação de leitos pode variar constantemente durante o dia, visto que pacientes podem receber alta ou serem encaminhados para um tratamento intensivo a todo momento.

Mesmo com hospitais que apresentam lotação nos leitos de UTI, a superintendente de gestão da Secretaria Municipal de Saúde, Flávia Quadros, explica que a situação é natural, que o sistema de saúde atua em rede e que o que deve ser considerado é a ocupação total na cidade e não de um hospital específico.

“Passamos os dados à Secretaria Estadual pela manhã e as altas são à tarde, por exemplo. Além disso, é esperado que os hospitais que tenham pronto-atendimento, como o Hospital do Trabalhador e o Evangélico, por exemplo, tenham uma ocupação maior, pois o paciente pode acabar chegando direto”, diz. “Temos 10 hospitais com leitos públicos para a covid-19 e é natural que um ou dois atinjam 100% da ocupação. O que a gente monitora é a taxa geral de ocupação. Temos um plano de contingência, podemos ativar mais leitos para aumentar essa capacidade, quando necessário”, acrescenta a superintendente.

Por Paraná On Line

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios