Notícias

Travestis protestam contra violência em frente a prefeitura de Apucarana

Um grupo de 7 travestis esteve na tarde desta quarta-feira (05), em frente a prefeitura de Apucarana, realizando um protesto contra a violência. De acordo com a representante do grupo Mariane Maria Mendes, elas estariam sofrendo represálias de agentes da Guarda Municipal (GM), nos locais onde realizam ponto para programas sexuais. “Há muito tempo estamos sofrendo constantes agressões da guarda municipal, porque querem que a gente saia dali. Agora decidimos procurar nossos direitos”, disse.

O grupo foi recebido pelo Procurador Jurídico do município Paulo Vital, que ouviu as denúncias e reivindicações da categoria. De acordo com ele, a situação será apurada.

A ativista do Coletivo Unificar, Renata Borges, participou do ato, em apoio às travestis e disse que uma denúncia sobre a violência seria protocolada no Ministério Público da cidade. “Queremos que a guarda municipal realize um trabalho de abordagem humanizado junto as travestis”, disse a ativista.

O comandante da Guarda Municipal de Apucarana Alessandro Pereira Carletti se manifestou, através de um áudio enviado para a imprensa, sobre as denúncias.O comandante da GM de Apucarana garantiu ainda que a situação será apurada. “Não permitimos que haja esse tipo de conduta de nossos integrantes, e se houver qualquer tipo de  boletim registrando esse tipo de conduta, a situação será claramente apurada e serão tomadas as devidas providências”, garantiu.

Por Tn On Line

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios