Polícia

SESP lamenta a morte do policial penal Lourival de Souza

A Secretaria da Segurança Pública do Paraná lamenta a morte do policial penal Lourival de Souza, de 49 anos. Ele deixa quatro filhos. O servidor, que trabalhava há 14 anos no Departamento Penitenciário do Paraná, foi morto em sua residência, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, no fim da manhã desta quarta-feira (12/08). A Polícia Civil investiga o caso.

“Um crime cruel e muito triste. Pedimos a Deus que guie esta família neste momento de dor. Que Ele ilumine o coração dos filhos, que passaram por momentos bem difíceis e dolorosos”, afirmou o secretário da Segurança Pública, coronel Romulo Marinho Soares.

O policial penal morava e trabalhava em Piraquara. No momento, estava lotado na Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP). Sendo assim, a Delegacia de Polícia Civil do município irá investigar o caso. A Secretaria da Segurança acompanhará as investigações e espera que logo o caso seja elucidado.

Por Assessoria SESP-PR

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios