Polícia

Segue sem identificação homem morto a pauladas na zona norte de Londrina

Mulher acusada do crime já tem passagens pela polícia

O homem morto a pauladas na zona norte de Londrina ainda está no Instituto Médico Legal sem identificação. O caso aconteceu na última terça-feira (08), em uma praça na Avenida Francisco Gabriel Arruda, conjunto Parigot de Souza.

O homem tem cor parda, não tem tatuagem e tem idade aproximada de 40 a 50 anos de idade. A vítima tinha ferimentos graves na cabeça.

Duas pessoas foram presas suspeitas de terem praticado o crime. Segundo a PM, eles teriam confessado que agrediram a vítima com pedaços de pau e chutes. A motivação seria porque a vítima do homicídio teria estuprado a filha do casal suspeito do assassinato. Mas na delegacia, durante o depoimento, a mulher negou a versão que apresentou à Polícia. A suspeita teria o envolvimento em, ao menos, outros dois homicídios. O casal segue preso, por homicídio duplamente qualificado.

Por Tarobá News

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios