Destaque

Saúde investiga caso de morte por Dengue em Ibiporã

Mulher de 43 anos era moradora de Primeiro de Maio e evoluiu para óbito no mesmo dia que deu entrada no Hospital Cristo Rei

O setor de Epidemiologia, da Secretaria Municipal de Saúde ainda espera pela confirmação dos exames de laboratório, para identificar se a morte de uma mulher de 43 anos, no último dia 29 de janeiro, foi ocasionada por conta da dengue, em Ibiporã. Se confirmada, esta seria a primeira vítima da doença na cidade.
Lindaura Xavier de Lima, era moradora de Primeiro de Maio, distante 55 quilômetros de Ibiporã e foi internada com suspeita da doença no Hospital Cristo Rei. Segundo prontuário médico, a mulher evoluiu para óbito no mesmo dia.
Após a morte da paciente, o hospital seguiu todo o protocolo e comunicou imediatamente o Setor de Epidemiologia de Ibiporã. “Somente com os exames é que será possível confirmar se a mulher morreu em decorrência da dengue. Enquanto isso, trata-se de uma suspeita”, confirmou a direção do Hospital.
Mesmo se tratando de uma morte que envolve uma paciente de outra cidade, o caso precisa ser investigado pelos setores locais.
A reportagem do Click Ibiporã procurou as autoridades de saúde de Ibiporã, porém até o fechamento da reportagem não recebeu nenhuma resposta.

Números – O último boletim da Dengue, divulgado na terça-feira (4), pela SESA (Secretaria de Saúde do Paraná), aponta que Ibiporã tem 108 casos confirmados da doença. Mas o número deve ser maior, já que na quarta-feira (5) eram 136 pessoas com dengue.
Segundo dados atualizados pela Secretaria Municipal de Saúde, já são mais de 1.500 notificações da doença na cidade.

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios