Economia

Saiba quanto poderá sacar do FGTS emergencial a partir de amanhã

Caixa começa nesta segunda-feira o pagamento para 4,9 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro por meio de crédito em conta poupança

A Caixa Econômica Federal vai liberar a partir desta segunda-feira (29) o saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), de até R$ 1.045 por trabalhador que tenha conta ativa (do emprego atual) ou inativa (de empregos anteriores).

Os primeiros a receber serão os nascidos em janeiro. Nessa primeira etapa, o total de recursos liberados somam mais de R$ 3,1 bilhões para 4,9 milhões de trabalhadores. O pagamento será primeiro em depósito na conta digital, que o trabalhador poderá pagar contas e fazer compras por meio do aplicativo Caixa Tem. Só a partir de 25 de julho começa o calendário do saque em dinheiro.

O novo saque estava previsto na Medida Provisória nº 946, publicada no dia 17 de abril. A medida é mais uma tentativa do governo para minimizar o impacto do novo coronavírus na vida financeira da população e movimentará durante todo calendário mais de R$ 37,8 bilhões para 60 milhões de trabalhadores.

Os trabalhadores também podem consultar o valor do saque emergencial disponível e a data em que o valor será creditado na poupança digital pelo site oficial, pelo número de telefone 111, ou pelo aplicativo do FGTS.

O pagamento do saque emergencial FGTS será realizado por meio de crédito em conta poupança social digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores. O valor do saque é de até R$ 1.045, considerando a soma dos saldos de todas contas ativas ou inativas com saldo no FGTS.

O calendário foi estabelecido com base no mês de nascimento do trabalhador e contém a data que corresponde ao crédito dos valores na conta poupança social digital, quando os recursos poderão ser utilizados em transações eletrônicas, além da data a partir de quando os recursos estarão disponíveis para saque em espécie ou transferência para outras contas.

Como utilizar a conta

A poupança digital é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil.

A movimentação do valor do saque emergencial poderá, inicialmente, ser realizada por meio digital com o uso do aplicativo Caixa Tem, sem custo, evitando o deslocamento das pessoas até as agências.

Logo após o crédito dos valores, será possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code, por meio de mais de 9 milhões de maquininhas de cartão espalhadas por todo o Brasil. O trabalhador também poderá realizar o pagamento de contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral.

A partir da data de disponibilização dos recursos para saque ou transferência, também de acordo com o mês de nascimento, os trabalhadores poderão transferir os recursos para contas em qualquer banco, sem custos, ou realizar o saque em espécie nas agências da Caixa, terminais de autoatendimento e casas lotéricas.

© Arte R7

Como cancelar

Se o trabalhador não quiser receber o saque emergencial, pode informar essa opção pelo App FGTS com pelo menos 10 dias antes da data prevista para o crédito na poupança social digital, conforme o calendário.

Após o crédito dos valores na conta poupança social digital, o trabalhador poderá solicitar o seu desfazimento. Os valores retornarão à conta do FGTS devidamente corrigidos, sem prejuízo ao trabalhador. A solicitação de desfazimento do crédito do saque emergencial não pode ser desfeita.

Caso não haja movimentação na conta poupança social digital até 30/11/20, o valor será devolvido à conta FGTS com a devida remuneração do período, sem nenhum prejuízo ao trabalhador. Se após esse prazo, o trabalhador decidir fazer o saque emergencial, poderá solicitar pelo App FGTS até 31/12/2020.

Canais de consulta

 Site fgts.caixa.gov.br:

. Consultar o valor do saque;
. Consultar a data em que o recurso será creditado na poupança social digital, conforme calendário;
. Informar que não deseja receber o valor do saque;
. Solicitar o desfazimento do crédito feito na poupança social digital.

Central de atendimento 111, opção 2:

. Consultar o valor do saque;
. Consultar a data em que o recurso será creditado na poupança social digital, conforme calendário.
. Internet Banking CAIXA:
. Consultar o valor do saque;
. Consultar a data em que o recurso será creditado na poupança social digital, conforme calendário;
. Informar que não deseja receber o valor do saque;
. Solicitar o desfazimento do crédito feito na poupança social digital.

Aplicativo FGTS

. Consultar o valor do saque;
. Consultar a data em que o recurso será creditado na poupança social digital, conforme calendário;
. Informar que não deseja receber o valor do saque;
. Solicitar o desfazimento do crédito efetuado na poupança social digital;

Alerta

A Caixa informa que não envia mensagens com solicitação de senhas, dados ou informações pessoais. Também não envia links ou pede confirmação de dispositivo ou acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp.

Por R7

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios