Notícias

Procon-PR notifica comércio e fabricantes de laticínios

Objetivo é que estabelecimentos e indústrias apresentem justificativa para o aumento do preço do leite.

O Procon-PR notificou nesta terça-feira (31) estabelecimentos comerciais e indústrias de laticínios para que apresentem justificativa para o aumento do preço do leite, conforme denúncias de consumidores e consultas ao aplicativo Menor Preço do programa Nota Paraná.

“O trabalho do Procon consiste em várias frentes, como notificação do comércio local e estadual para apuração de eventual abusividade no preço de produtos, ações de fiscalização realizadas por iniciativa do órgão e a partir de denúncias de consumidores sobre falta de produto, aumento e ausência de preços, por exemplo”, explica o secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost”.

Ele esclarece que os aumentos abusivos serão verificados a partir da comparação do preço de compra e venda dos produtos em meses anteriores e o preço o praticado nas últimas semanas. Ele afirma as empresas estão sujeitas a multas que variam de R$ 600 a R$ 8 milhões.

Nesta primeira etapa foram notificadas as fabricantes dos leites Líder, Santa Clara, Piracanjuba, Tirol, Batavo, Frimesa, Polly e Colônia Holandesa.

O Procon-PR diponibiliza uma plataforma online ao consumidor para que faça denúncias sem sair de casa. Acesse AQUI.

Por AEN

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios