Notícias

Procon notifica redes de mercados por aumento nos preços das mercadorias

O Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Londrina (Procon) notificou, nesta terça-feira (24), 14 redes de mercados e supermercados para prestarem esclarecimentos sobre o aumento nos preços de mercadorias da cesta básica. As denúncias partiram dos próprios consumidores, que notaram um possível aumentos abusivo nos valores de alguns produtos.

Segundo o diretor-executivo do Procon, Gustavo Richa, o órgão recebeu cerca de 200 denúncias relativas a estas 14 redes de mercados. Os nomes não foram divulgados.

O Código de Defesa do Consumidor estabelece que é caracterizado como prática abusiva elevar, sem justa causa, o preço de produtos ou serviços e obter vantagem desproporcional. “Estamos atentos a isso e pedimos que a população continue fazendo denúncias por meio de nossos canais”, destacou.

Por conta da disseminação do novo coronavírus, o Procon não está realizando atendimentos presenciais. Os consumidores podem denunciar por telefone ou pela internet, pelo 151, pelo e-mail procon@londrina.pr.gov.br, por meio do celular do próprio Gustavo Richa, no (43) 99914-3277, ou na página do órgão no Facebook.

Com N.com

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios