Polícia

Policial Militar é executado na zona norte de Londrina

Um policial militar de Londrina foi assassinado a tiros na noite desta segunda-feira (14), na rodovia Carlos João Strass, na região do lago Cabrinha, zona norte da cidade. Segundo as primeiras informações, o soldado Bruno Prato estava em uma motocicleta quando foi executado.

Funcionários e clientes de um posto de combustíveis, que fica próximo ao local onde ocorreu o crime, foi possível ouvir uma rajada de tiros. No local foram encontrados capsulas de pistolas .40 e 9mm. Os atiradores estariam em dois veículos e fugiram sentido conjunto José Belinati.

Várias viaturas da Polícia Militar foram para o local para o atendimento à ocorrência e estão em diligência na tentativa de localizar os autores do crime. O trecho da rodovia está interditada.

A pouco a PM recebeu a informação de que um veículo Hyundai Santa Fé, que teria sido utilizado no crime teria sido incendiado nos fundos do Jardim Santa Fé, próximo ao local da ocorrência.

Carro que teria sido usado na ação, foi incendiado no Jardim Santa Fé. Foto: Grupo Força Aérea 1

Notícia em atualização.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios