Notícias

Pesca no Paraná volta a ser restringida até sábado (29) por determinação da Justiça

A resolução da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Turismo do Paraná, que havia liberado a pesca de peixes nativos, foi suspensa por uma determinação da Justiça. Portanto, a pesca dos mesmos volta a estar proibida até o próximo sábado (dia 29 de fevereiro), data em que se encerra a piracema (período de reprodução dos peixes).

A resolução, publicada na última quinta-feira (20) e assinada pelo secretário de Desenvolvimento e Turismo, Marcio Nunes, alterava o prazo de término da piracema de 28 de fevereiro para o dia 1º do mesmo mês, liberando dessa forma a pesca nos rios do estado.

Porém, de acordo com o juiz Daniel Alves Belingieri, da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, o Paraná não tem poder para alterar prazos determinados por resoluções federais. De acordo com Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o período de piracema dura de 1º de novembro a 28 de fevereiro.

Até o próximo sábado (29), portanto, fica proibida a pesca dos peixes nativos (bagre, dourado, jaú, pintado, mandi, curimba, piapara, traíra e lambari).

Por Portal Paiquerê

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios