Notícias

Paraná registra mais três mortes de coronavírus; duas em Curitiba

Mais três pessoas morreram por conta da covid-19 no Paraná. Agora o Estado totaliza 127 mortes causadas pela doença. Além disso, mais 74 diagnósticos foram registrados, acumulando assim, 2.360 casos confirmados. As informações são da Secretaria Estadual da Saúde, divulgadas nesta segunda-feira (18).

Os três pacientes que faleceram estavam internados. As vítimas são duas mulheres e um homem. As duas idosas morreram no domingo (17), uma morava em São José dos Pinhais e tinha 75 anos e a outra tinha 88 anos e morava em Curitiba. O homem era residente de Paranavaí, tinha 53 anos e morreu nesta segunda-feira (18). Os 74 novos registros foram confirmados em trinta e cinco cidades do Estado.

Dos 399 municípios paranaenses, 179 registraram casos de coronavírus, o que representa mais de 44% do total. São 159 pessoas internadas, 76 em UTI’s e 83 em enfermarias. Dos 2.360 pacientes que foram infectados, mais de 63% deles já se recuperaram, ou seja, 1.492 paranaenses já foram liberados do tratamento.

Por Band News Curitiba

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios