Economia

Otimismo toma conta do comércio no Paraná neste fim de ano: “Black Friday vai surpreender”

O presidente da ACP, Camilo Turmina, diz estar otimista com o aumento das vendas no comércio neste ano

O presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP) acredita em uma boa perspectiva do comercio para as vendas do fim deste ano. Camilo Turmina disse que mesmo com a pandemia e com os indicadores da economia que ainda mostram resultados negativos no Brasil, ainda há boas oportunidades de negócio para os consumidores. Turmina lembrou em entrevista nesta quarta-feira (11), que a Black Friday, dia que marca a temporada de compras para o Natal e que é realizada neste mês, tem tudo para surpreender as empresas e os clientes em 2020.

“Eu acredito que neste ano, por mais que tenhamos pandemia e todas as dificuldades da economia, certamente, a Black Friday vai surpreender. Afinal de contas está todo mundo ávido para realizar algum sonho de consumo. Nós ficamos muito tempo sem fazer nada, portanto o momento é este. As pessoas terão a oportunidade de comprar bem, por um preço legal que se encaixará no bolso de todos”.

le afirma que a perspectiva é que as vendas cresçam em até 10%, se comparado com 2019. Isto, segundo Turmina, é resultado do próprio caráter que a Black Friday possui, que é oferecer produtos com muitos descontos nos preços de venda.

“Isto aí veio para ficar. Todo ano tem crescido o número de aquisições e compras. Porque é a realização de sonhos de muitas pessoas que compram aquilo que pensam e querem nesta data. Então, é uma data de descontos. Se a renda está curta, a palavra ‘descontos’ vira música para os ouvidos. É muito bom e faz bem você comprar por menos”, opinou.

Consumo

O presidente também reconheceu que as empresas estão com um certo receio ao ser questionado sobre como que a queda da renda em toda a população poderá afetar no consumo. No entanto, Turmina garante que, mesmo com isto, a oportunidade que a Black Friday, e o fim do ano, oferecem aos consumidores ainda motiva as pessoas a gastarem mais.

“Afinal de contas quando reduz renda, reduz consumo, isto é de imediato. E muitas pessoas, colaboradores de empresas tiveram sua jornada de trabalho reduzida, o contrato suspenso, ou seja, muitos tiveram sua renda cortada. Mas todo mundo está vendendo com prazos maiores e facilitando mais, afinal de contas os juros acabaram caindo. Então, tem coisas boas que estão acontecendo apesar da pandemia”, pontuou.

Pequenos Comerciantes

No fim, o presidente fez um pedido. Segundo Turmina, as empresas também tem necessidade de vender. Portanto, segundo ele, não faz sentido que o consumidor busque uma empresa estrangeira na internet para comprar algo bom e barato.

“Compre perto da sua casa porque todos vão querer vender. Dê uma oportunidade ao seu antigo e tradicional fornecedor, ao invés de fazer um clique além do Oceano e comprar do ‘ali babá’, comprar lá de longe… compra aqui. Pechinche, peça, e compre perto da tua casa. Este é o mês de vendas com boas expectativas e nós acreditamos que teremos um crescimento de vendas em relação ao ano passado mesmo com a pandemia”, concluiu.

Por Banda B

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios