Polícia

No Paraná, mãe é morta a facadas, e filho de 10 meses fica ferido

Uma mãe, de 26 anos, foi morta a facadas dentro de casa, na Vila Cajati, na área rural de Cascavel, no oeste do Paraná. O filho dela, de 10 meses, também foi agredido e teve um ferimento na cabeça, segundo a Polícia Militar (PM).

De acordo com a polícia, as vítimas foram encontradas pela PM na sala da casa, nesta sexta-feira (14). Os vizinhos chamaram a polícia após ouvirem o choro da criança, que estava debaixo de cobertores.

O menino foi levado para o pronto socorro da cidade e está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar, segundo a polícia. A PM não informou que tipo de ferimento a criança teve na cabeça.

Até a publicação desta reportagem, segundo a polícia, o suspeito do crime não tinha sido identificado.

A vítima morava na casa com o marido, a filha e um cunhado, segundo a PM.

Conforme a polícia, o marido estava trabalhando quando o crime aconteceu e, quando soube do ocorrido, levou a criança para ser socorrida. O cunhado também foi até a casa após descobrir o que tinha acontecido com as vítimas.

O crime

A Polícia Militar disse que há indícios de violência sexual contra a vítima, pois a mulher foi encontrada seminua. Entretanto, apenas o laudo da perícia poderá confirmar a suspeita.

Segundo polícia, as investigações apontam que o suspeito teria tentado sufocar a criança com os cobertores. O motivo do crime também está sendo apurado pela PM.

De acordo com a PM, o suspeito chegou a pé até a casa da vítima. Ele tentou furtar o carro da família após o crime, mas bateu o veículo em uma parede e fugiu a pé.

O suspeito roubou o celular da vítima, segundo a polícia, e o caso está sendo apurado como latrocínio.

O corpo da jovem foi levado para o Instituto Médico-Legal de Cascavel.

Por G1

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios