Economia

No Paraná, 100 mil donos de veículos podem solicitar reembolso do DPVAT a partir desta quarta-feira

Em todo o Brasil, cerca de 2 milhões de pessoas têm direito à devolução dos valores pagos a mais para o seguro em 2020

Apenas no Paraná, 100 mil proprietários de veículos têm direito à devolução dos valores pagos a mais para o seguro DPVAT em 2020. Em todo o Brasil, cerca de 2 milhões de pessoas podem pedir o reembolso, após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, ter voltado atrás e derrubado sua própria liminar, que suspendeu a resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) que reduziu os valores do seguro obrigatório Dpvat.

O reembolso começará a ser feito a partir desta quarta-feira (15). De acordo com a Líder, gestora do Dpvat, o reembolso ocorrerá diretamente na conta-corrente ou na conta-poupança do proprietário do veículo em até dois dias úteis. Para fazer a solicitação, é necessário informar o CPF ou CNPJ, e-mail e telefone do proprietário, Renavam do veículo, data do pagamento, valor pago e dados bancários para reembolso. O pedido pode ser feito na página da Líder na internet (https://www.seguradoralider.com.br/).

De acordo com Claudio Henrique de Castro, colunista da Banda B, doutor em direito e especialista em direito do consumidor, o mais corretos seria a própria seguradora providenciar as devoluções. “Eu creio que o correto seria a própria seguradora providenciar essa devolução, mas foi uma forma de acomodar isso, de ser feito pelo site. E funciona bem. Hoje acessei e funciona bem esse site”, disse Castro.

Irregularidades

Uma recente fiscalização do Tribunal de Contas da União (TCU) constatou diversas irregularidades na gestão das seguradoras e foi responsável por uma economia maior que R$ 13,5 bilhões. Ainda sim, o colunista acredita que a ideia de um seguro coletivo é boa.

“A ideia do seguro coletivo é boa, mas tem que passar por uma grande discussão. É preciso definir uma indenização justa, um sistema com os devidos controles e transparência”, defendeu ele.

O calendário de pagamento do Dpvat acompanha as datas de acerto do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que, na maioria dos estados, vence no mês de janeiro.

Com a reconsideração do ministro Toffoli, o preço do seguro caiu. De acordo com a Advocacia-Geral da União (AGU), o valor passou a ser de R$ 5,21 para carros de passeio e táxis e de R$ 12,25 para motocicletas, o que representa uma redução de 68% e 86%, respectivamente, em relação a 2019.

Por BandaB com Agência Brasil

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios