Polícia

Mulher grita por ajuda e briga termina com homem morto a tiros

Crime aconteceu em Campina Grande do Sul, na região metropolitana

Após gritos de ajuda feitos por uma moradora de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba, um homem foi morto com pelo menos quatro tiros na tarde deste domingo (19). O baleado seria o agressor que a ameaçava, que foi baleado várias vezes por um amigo da vítima, que foi ajudar.

Uma testemunha relatou que estava na sala quando começou a escutar a briga. “Deu para entender que ela correu para o banheiro e que o agressor arrebentou a porta. Mas, em seguida, chegou alguém para defender a moça”, explicou.

O crime aconteceu no bairro Moradias Timbu. Pela posição em que a vítima foi encontrada, a polícia acredita que ambos os homens estivessem armados.

Segundo a Polícia Militar, o primeiro passo da investigação é identificar a moradora envolvida na briga. “Ela não foi identificada até o momento, mas nos informaram que ela tinha um ferimento no braço, então estamos verificando com os hospitais da região se ela é encontrada”, disse.

A Delegacia de Campina Grande do Sul investiga o caso.

Com informações da Banda B

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios