Economia

MP vai denunciar criminalmente responsáveis pela prática de preços abusivos

O promotor de Defesa dos Direitos do Consumidor, Miguel Jorge Sogayar, advertiu que o Ministério Público Estadual vai denunciar criminalmente empresários, responsáveis por reajustar preços de produtos de forma abusiva, em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

As primeiras denúncias sobre aumentos criminosos envolveram produtos como álcool em gel e máscaras de proteção. Na sequência, o abuso ocorreu no preço de produtos vendidos em supermercados, como o leite e outros alimentos. Miguel Sogayar afirmou que o MP já possui farto material comprovando que alguns empresários praticaram crimes contra a economia popular.

Além do Ministério Público, o Procon e a Polícia Civil também estão concentrando esforços no combate aos preços abusivos.“Eu quero deixar claro para os comerciantes: nós estamos processando os casos de denúncias que estão nos chegando, para a minha promotoria e para o Gaeco”, disse.

01

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios