Mesmo sem um grande futebol, LEC estreia com vitória no Paraneense

A volta de Alemão, jogadores mais jovens e a promessa de um futebol ofensivo. Na teoria o discurso é promissor. A vitória por 2 a 1 contra o PSTC foi...
Matheus Albino defende pênalti de Gerônimo - Foto: Gustavo Oliveira/LEC

A volta de Alemão, jogadores mais jovens e a promessa de um futebol ofensivo. Na teoria o discurso é promissor. A vitória por 2 a 1 contra o PSTC foi garantida nos acréscimos. Os gols foram marcados por Matheus Bianqui e Igor Paixão.

Para a estreia no Campeonato Paranaense, o Tubarão ganhou o retorno de Pedro Cacho, que havia cortado o pé após partida amistosa em Ponta Grossa, contra o Operário. O jogador foi dúvida durante toda a preparação, mas apareceu no time titular. Dos reforços, não conseguiram ser inscritos para a primeira rodada, os atacantes Gabriel Barbosa, Marcelinho e Thiago Henrique.

Já o técnico Reginaldo Vital, escalou o atacante Alex na vaga de Lucão e Igor Ribeiro no lugar de Hurtado. Duas mudanças distintas da provável escalação.

Primeiro tempo

O PSTC dominou os primeiros minutos de jogo, com o time visitante pressionando a saída de bola do Londrina, fazendo uso de uma marcação “alta”. O alviceleste pecou na saída de bola, principalmente com a troca de passes entre os zagueiros. Na primeira chance, aos 15 minutos, o LEC aproveitou e foi fatal. Matheus Bianqui, aproveitou lançamento longo de Uelber, ganhou na velocidade do zagueiro e fuzilou, fazendo um golaço.

No lance seguinte, pênalti claríssimo para o PSTC. O zagueiro Augusto, tentou cabecear, perdeu o “tempo da bola” e a arbitragem acusou que a bola bateu no braço. Artilheiro da divisão de acesso, o atacante Gerônimo teve a cobrança defendida por Matheus Albino.

O PSTC empatou já no final do primeiro tempo. Aos 39 minutos, o atacante Gerônimo se redimiu do pênalti perdido e marcou um golaço. O atacante recebeu de Dudu, após boa troca de passes na esquerda e acertou um chutaço, com curva, desta vez, sem chances para o goleiro Matheus Albino.

O resumo da primeira etapa mostrou o PSTC com mais posse de bola, assustando o Londrina. O alviceleste foi cirúrgico no gol de Matheus Bianqui e apostou no contra ataque.

Jogadores do Londrina após o primeiro gol – Foto: Gustavo Oliveira/LEC

Segundo Tempo

As duas equipes retornaram sem mudanças. Logo aos 3 minutos da etapa complementar, o goleiro Matheus Albino cobrou tiro de meta e entregou nos pés de Leandro, que livre, chutou pra fora em um lance inacreditável a favor do PSTC. O LEC voltou melhor após o intervalo, sem dar espaços para os jogadores adversários.

O técnico Alemão, apostou no atacante Igor Paixão, O jogador ex-Coritiba, foi a primeira substituição do treinador. Miullen, que fez um primeiro tempo muito discreto, foi o escolhido para deixar o campo aos 15 minutos.

O PSTC, logo no primeiro terço da etapa final, demonstrou muito cansaço, mesmo trabalhando na pré temporada há quase 60 dias. A segunda alteração do LEC foi a entrada do volante Luan, que esteve na Copa São Paulo, na vaga de Julio Rusch.

A terceira e última alteração do LEC foi a entrada de Matheus Olavo no lugar de Pedro Cacho.

Já nos acréscimos, Igor Paixão garantiu os três pontos para o Londrina. Danilo cruzou pela direita, e o atacante apareceu na pequena área, conseguiu a antecipação contra os zagueiros e mandou para as redes.

Próximo Jogo

O Tubarão volta a campo já na quarta-feira (22), quando novamente no Estádio do Café, para enfrentar o Cianorte, às 19h30. No mesmo dia, porém às 20h, o “Leão”, vai até a capital do Estado, onde o PSTC encara o Athlético-PR. No dia 5 de fevereiro, o alviceleste estreia na Copa do Brasil, contra o XV de Piracicaba, no Estádio Barão de Serra Negra, às 20h30.

Você lembra?

Em 2014, nesta mesma data, o Londrina estreou no Paranaense 2014. Naquela oportunidade o LEC entrou em campo com: Vitor; Maicon, Silvio, Gilvan e Paulinho; Diogo Roque, Anderson, Rone Dias e Celsinho; Arthur e Neílson – Técnico Cláudio Tencati e perdeu, por 1 a 0 para o Rio Branco, no Estádio do Café, gol solitário de Fumaça.

Ficha Técnica:

Árbitro: David Herik Pinho (Maringá)
Auxiliares: Luis Henrique de Sousa Santos Renesto e Wagner Junior Bonfim Ledo
Público Total:
 2.063 torcedores
Público Pagante: 1.804
Renda: R$ 25.179

Londrina: Matheus Albino; Raí Ramos, Lucas Costa, Augusto e Victor Luiz; Júlio Rusch (Luan), Pedro Cacho (Matheus Olavo) e Matheus Bianqui; Danilo, Miullen (Igor Paixão) e Uelber. – Técnico: Alemão

PSTC: Yuri; Everaldo, Igor Ribeiro (Alisson Pupu), Hurtado e Dudu; Emerson, Wallace (Murilo) e Leandro; Grafite, Gerônimo e Alex (Maranhão) – Técnico: Reginaldo Vital

Com informações do Portal Paiquerê

Categorias
Esportes

POSTS RELACIONADOS