Notícias

Maia critica manipulação de dados da pandemia pelo Ministério da Saúde

O deputado disse esperar que os números voltem até o início da semana, para que a Câmara dos Deputados e o Tribunal de Contas da União (TCU) não tenham que assumir esse papel

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), cobrou do governo federal o restabelecimento dos dados completos sobre a pandemia de covid-19, após o site do Ministério da Saúde restringir o acesso a dados disponíveis. Segundo ele, o sumiço dos dados completos e o atraso na divulgação dos dados – que passou a ser feita apenas no fim da noite – são prejudiciais para o planejamento de prefeitos e governadores no combate ao coronavírus.

“Hoje eu liguei ao ministro Jorge Oliveira (ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República) e fiz um apelo, em nome da Câmara, para que sejam restabelecidos os dados e a transparência. Você adiar informação, você adia o trabalho de muitas secretarias estaduais e municipais no Brasil inteiro, que trabalha com suas informações e com os dados consolidados do Brasil inteiro”, argumentou o presidente da Câmara, em uma live promovida pelo músico Tico Santa Cruz.

O deputado disse esperar que os números voltem até o início da semana, para que a Câmara dos Deputados e o Tribunal de Contas da União (TCU) não tenham que assumir esse papel de divulgação de informações. “Não tem como, mesmo que quisesse, esconder, ou atrasar, esses dados da sociedade brasileira”, disse. “É muito ruim que a gente precise estar preocupado com um assunto como esse”, comentou, contrariado com a medida do governo federal.

Por Estadão Conteúdo

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios