Tecnologia

Instagram te diz quais as páginas que deve deixar de seguir

As novas categorias podem ser úteis

O Instagram integrou uma nova funcionalidade na sua rede social que lhe diz exatamente as páginas com que menos interagiu, uma ferramenta útil para decidir quais as contas que deve deixar de seguir.

Ao entrar no seu perfil e premindo a área de seguidores e quais as páginas que segue será levado para uma página com dois separadores. Na área ‘A seguir’ poderá escolher ver os perfis com que tem ‘Menos interações’ e ainda os que são ‘Mais vezes apresentados no feed’. A ideia passa não só por lhe mostrar quais as páginas com que menos interage – e nas quais pode ter perdido o interesse – assim como apontar se as que surgem mais frequentemente continuam a ser cativantes.

“O Instagram quer levar-te para mais perto das pessoas que coisas que gostas – mas sabemos que, ao longo do tempo, os teus interesses e relações podem evoluir e mudar”, explicou um porta-voz do Instagram ao TechCrunch. A ideia passa por “facilitar a gestão de contas que segues no Instagram para que melhor representem as atuais conexões e interesses”.

Por Notícias ao Minuto

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios