Destaque

Ibiporã: Ações de combate à dengue são realizadas em locais com maior infestação do mosquito

Somente nas primeiras horas do dia, mais de dez caminhões de lixo foram retirados da região onde ocorreu a primeira etapa da força-tarefa

Equipes do setor de endemias da Secretaria de Saúde, da Secretaria de Obras e voluntários da Igreja Adventista de Ibiporã, realizaram durante todo o dia desta quarta-feira (22), a primeira etapa da força-tarefa de combate à dengue, em Ibiporã. As ações foram centralizadas na Vila Esperança e Vila Beatriz, zona sul da cidade.

Durante o dia, os funcionários e voluntários limparam terrenos baldios, roçaram o mato alto e retiraram entulho e móveis velhos jogados em locais públicos. Toda ação contou com a colaboração dos moradores da região, que descartaram materiais inservíveis, mas que podem ser fundamentais para a proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

Segundo balanço parcial da Secretaria de Obras, até o meio dia, mais de dez caminhões com resíduos foram retirados dos dois bairros

® foto: PMI

.Pelo cronograma estabelecido pela prefeitura, nesta quinta e sexta-feira, as ações serão realizadas no Jardim San Rafael. As três localidades foram escolhidas para o início da força-tarefa, pois são as regiões com maior número de infestação e de notificações de casos suspeitos de dengue.

Nos próximos dias, as ações irão avançar por toda a cidade.

Leia mais: Ibiporã vê risco de epidemia e pretende multar quem mantiver os focos da dengue nos imóveis

Levantamento aponta aumento da infestação do Aedes aegypti em Ibiporã

Força-tarefa

A força-tarefa instituída pela Prefeitura para combater o mosquito da dengue está realizando mutirões de limpeza e orientações aos moradores desses bairros. A operação leva esse nome, pois reúne esforços de várias equipes da saúde, endemias, Samae e Secretaria de Obras

Na sua página no Facebook, a prefeitura de Ibiporã solicita o “apoio [da população] para dar aquela vistoriada no quintal e eliminar os pontos de água parada. Também permita a entrada do agente de endemias em sua casa para que ele faça o trabalho de prevenção e eliminação dos possíveis criadouros do mosquito”.

O texto ainda pede que “caso [o cidadão] tenha móveis, eletrodomésticos e entulhos em pequenas quantidades para serem descartados, deixe-os na calçada, de preferência sem atrapalhar a passagem de pedestres, que a equipe recolherá os materiais”.

Da Redação com Assessoria

® fotos: PMI

 

 

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios