Esportes

Gestor do Londrina diz que levará “16 jogadores para cumprir tabela” caso Estadual volte dia 15

O gestor de futebol do Londrina, Sergio Malucelli, afirmou nessa sexta-feira (26) que não acredita no retorno do Estadual no dia 15 de julho. A data foi estipulada em reunião entre os clubes e a Federação Paranaense de Futebol.

“Eu acho que não começa no dia 15. Devem ter mais restrições de saúde na segunda-feira. Curitiba mesmo tem mais casos de coronavírus registrados”, lembrou o dirigente, em entrevista para a Rádio Transamérica.

Malucelli inclusive questionou a necessidade de ter a fase final da disputa regional. “Não deveria nem ter mais o Campeonato Paranaense, já tem os rebaixados definidos, é um gasto desnecessário. Precisa ter um campeão? Qual é a motivação para comemorar um título paranaense nessa pandemia, sem torcida? Sou totalmente contra”, afirmou.

Mesmo com esse posicionamento, Malucelli garantiu que o Londrina irá jogar se o campeonato realmente voltar no dia 15 de julho, mas será para “cumprir tabela”. O gestor lembrou que, no Rio de Janeiro, Botafogo e Fluminense foram contra o retorno e mesmo assim não conseguiram na justiça desportiva evitar a volta do Carioca.

“Se tiver que jogar, vamos jogar. Veja o que aconteceu com o Botafogo e Fluminense no Rio. Se a secretaria de saúde autorizar, vamos jogar. Vou levar 15, 16 jogadores para Curitiba para completar esse jogo”, contou, se referindo ao confronto com o Athletico, pelas quartas de final.

O Londrina agora aguarda o recurso do julgamento no STJD na terça-feira (30), para definir se jogará a Série B ou C, para definir o retorno dos treinos ou não.

Por Gazeta do Povo

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios