Economia

FGTS vai distribuir R$ 7,5 bilhões para trabalhadores a partir de 31 de agosto

Com isso, todos os trabalhadores que tinham dinheiro no fundo até o fim do ano passado vão receber 1,9% de rendimento a mais do que o previsto na lei

O Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) aprovou a distribuição de R$ 7,5 bilhões aos trabalhadores. Os pagamentos para as pessoas que contribuem como fundo começam já no próximo dia 31 de agosto. O valor a ser distribuído corresponde a 66,22% do lucro do FGTS no ano passado, que chegou a R$ 11,3 bilhões.

O FGTS rende 3% ano, de acordo com a lei. Com a distribuição dos lucros, o rendimento em relação a 2019 vai ser de 4,9%. Essa diferença é a que vai incidir sobre o dinheiro que o trabalhador tinha no fundo até o dia 31 de dezembro. Ou seja, para cada R$ 100 que tinha no FGTS, o cidadão vai receber R$ 1,90.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, 167 milhões de contas ativas e inativas vão receber a distribuição do lucro do FGTS. O órgão afirmou que o valor médio distribuído por conta vai ser de R$ 45. Cada trabalhador vai poder consultar o saldo no aplicativo APP FGTS, no site ou pelo internet banking da Caixa.

Fonte: Brasil 61

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios