Destaque

VÍDEO – Fechamento de retorno em na BR-369 gera revolta em Jataizinho

Retorno é o ultimo antes do pedágio e o fechamento dele geraria mais despesas para moradores da área rural no entorno.

Moradores de Jataizinho fizeram na tarde desta segunda-feira (14), um protesto próximo a praça de pedágio da cidade. Segundo informações, proprietários de áreas rurais da região estão revoltados com o fechamento de um retorno existente antes da praça na BR-369.

Com o fechamento do retorno, quem tem propriedade rural do lado direito da rodovia, por exemplo, teria que pagar o pedágio, seguir a até a trincheira de acesso à Assaí, assim retornando até a cidade. Com isso o motorista de carro teria que pagar R$ 49,20 para passar pelo pedágio, nos dois sentidos. O valor cobrado em Jataizinho é de R$ 24,60 para veículos de passeio para cada trecho.

Operários da empresa Econorte, que administra o trecho de rodovia, estavam trabalhando no local, quando o protesto começou. De acordo com populares, o serviço foi paralisado e uma reunião será realizada para discutir o assunto.

Veja o vídeo onde moradores demonstram descontentamento com a decisão.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios