Destaque

Em uma semana, Ibiporã registra 46 novos casos de Dengue

Subiu para 136 o número de casos confirmados de Dengue em Ibiporã. Os números são da Secretaria de Saúde e foram confirmados nesta quarta-feira (5), pelo coordenador de Endemias da Secretaria de Saúde de Ibiporã, Aldemar Galassi, durante entrevista ao repórter e apresentador Cleber Pontes, do Alternativa Meio Dia.

Na semana passada eram 90 casos confirmados, desde o inicio do período epidemiológico e os novos números representam aumento de mais de 50% nos casos em apenas uma semana. “São muitos casos notificados e a tendência é que esse número seja maior nos próximos dias. As notificações subiram de 1121 na semana anterior, para 1500 hoje”, comentou Galassi.

Leia Mais: Bota-fora contra a dengue já recolheu 190 toneladas de entulho em Ibiporã

Ainda segundo o coordenador de endemias, todos os casos registrados em Ibiporã são autóctones, ou seja, foram contraídos dentro do próprio município. Não há registros de casos importados. “O que existe em Ibiporã é que um ou outro caso pode ter vindo de Jataizinho, pois a UPA atende muita gente de lá. Mas isso não mascara os nossos números”, afirmou.

Segundo Galassi a operação bota fora, com apoio da secretaria de obras segue em todas as regiões da cidade. Até o momento, mais de 19 toneladas de lixo e entulho já foram recolhidas e todas as áreas da cidade serão contempladas, mais de uma vez, se necessário.

Sintomas – Aldemar Galassi ressalta que é importante que o cidadão procure uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou a UPA a qualquer sintoma da doença. Segundo ele, “os sintomas são febre alta, erupções cutâneas e dores musculares e articulares. Em casos graves, há hemorragia intensa e choque hemorrágico (quando uma pessoa perde mais de 20% do sangue ou fluido corporal), o que pode ser fatal”.

“As UBS´s funcionam até às 17 horas e para atender aqueles que precisam nós deslocamos para a UPA uma equipe exclusiva para atender a necessidade da população. Essa equipe está pronta para atender casos suspeitos de Dengue e agilizar os procedimentos e exames necessários”, finalizou.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios