Em uma semana, Ibiporã registra 46 novos casos de Dengue

Subiu para 136 o número de casos confirmados de Dengue em Ibiporã. Os números são da Secretaria de Saúde e foram confirmados nesta quarta-feira (5), pelo coordenador de Endemias...
© Foto: PMI

Subiu para 136 o número de casos confirmados de Dengue em Ibiporã. Os números são da Secretaria de Saúde e foram confirmados nesta quarta-feira (5), pelo coordenador de Endemias da Secretaria de Saúde de Ibiporã, Aldemar Galassi, durante entrevista ao repórter e apresentador Cleber Pontes, do Alternativa Meio Dia.

Na semana passada eram 90 casos confirmados, desde o inicio do período epidemiológico e os novos números representam aumento de mais de 50% nos casos em apenas uma semana. “São muitos casos notificados e a tendência é que esse número seja maior nos próximos dias. As notificações subiram de 1121 na semana anterior, para 1500 hoje”, comentou Galassi.

Leia Mais: Bota-fora contra a dengue já recolheu 190 toneladas de entulho em Ibiporã

Ainda segundo o coordenador de endemias, todos os casos registrados em Ibiporã são autóctones, ou seja, foram contraídos dentro do próprio município. Não há registros de casos importados. “O que existe em Ibiporã é que um ou outro caso pode ter vindo de Jataizinho, pois a UPA atende muita gente de lá. Mas isso não mascara os nossos números”, afirmou.

Segundo Galassi a operação bota fora, com apoio da secretaria de obras segue em todas as regiões da cidade. Até o momento, mais de 19 toneladas de lixo e entulho já foram recolhidas e todas as áreas da cidade serão contempladas, mais de uma vez, se necessário.

Sintomas – Aldemar Galassi ressalta que é importante que o cidadão procure uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou a UPA a qualquer sintoma da doença. Segundo ele, “os sintomas são febre alta, erupções cutâneas e dores musculares e articulares. Em casos graves, há hemorragia intensa e choque hemorrágico (quando uma pessoa perde mais de 20% do sangue ou fluido corporal), o que pode ser fatal”.

“As UBS´s funcionam até às 17 horas e para atender aqueles que precisam nós deslocamos para a UPA uma equipe exclusiva para atender a necessidade da população. Essa equipe está pronta para atender casos suspeitos de Dengue e agilizar os procedimentos e exames necessários”, finalizou.

Categorias
Destaque

POSTS RELACIONADOS