Destaque

Crianças menores de 5 anos precisam de dose de reforço contra a febre amarela

Segundo nova recomendação do Ministério da Saúde, crianças devem ser imunizadas aos nove meses e aos 4 para aumentar a eficácia da vacina neste público

A Secretaria Municipal de Saúde solicita aos pais ou responsáveis por crianças menores de cinco anos que receberam apenas uma dose da vacina contra a febre amarela que compareçam a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para que elas sejam imunizadas com uma dose de reforço. Até o final do ano passado a recomendação do Ministério da Saúde era de apenas uma dose para crianças de nove meses de vida a adultos até 59 anos.  “A mudança no calendário vacinal com a dose extra aos 4 anos ocorreu este ano. De acordo com o Ministério da Saúde, a decisão ocorreu porque estudos científicos recentes demonstraram uma diminuição na resposta imunológica da criança que é vacinada muito cedo, aos nove meses, como previa o Calendário Nacional de Vacinação”, explica a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Vanessa Luquini.

Vanessa orienta que crianças acima de cinco anos, em sua maioria, já receberam duas doses da vacina, mas caso tenham recebido apenas uma, antes de completarem cinco anos, também devem receber uma nova dose.

Para gestantes, mulheres que amamentam, crianças até nove meses de idade, adultos maiores de 60 anos, pessoas com alergia grave a ovo ou imunodeprimidos, a recomendação é que só sejam vacinados com a avaliação de um profissional de saúde. A vacina contra a febre amarela está disponível gratuitamente em todas as UBSs. Para se imunizar, basta levar um documento de identidade e cartão de vacinação. Quem perdeu o comprovante ou o sistema da UBS não conseguir recuperar o histórico de vacinação pode se imunizar para garantir a proteção contra a doença.

O alerta principal é para pessoas que residem em áreas de matas e rios ou que fazem atividades como trilhas, pesca e acampamentos. Quem for visitar esses locais deve procurar a unidade de saúde pelo menos 10 dias antes da viagem. Esse é o tempo necessário para garantir a devida imunização contra a doença. 

 

A vacinação contra a febre amarela impede a doação de sangue por um período de quatro semanas.  As pessoas devem realizar a doação de sangue antes da vacinação para manutenção dos estoques de hemocomponentes.

Por Assessoria PMI

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios