Esportes

Coritiba empata com o Rio Branco no Couto Pereira

Coritiba empatou com o Rio Branco por 1×1 na noite desta quinta-feira (23), no Couto Pereira, pela segunda rodada do Estadual. Felipe Nunes fez o gol do Leão da Estradinha no primeiro tempo, enquanto Rodolfo Filemon igualou para o Coxa na segunda etapa.

A escalação alviverde teve novidades, como a volta de Wilson para o gol, o zagueiro Caetano improvisado de lateral-esquerdo e a estreia do ex-Paraná Rodolfo Filemon na defesa. O volante Nathan Silva jogaria na zaga, mas quebro a mão durante a semana e ficara fora por um mês – Sabino continuou no time. Matheus Sales reestreou, enquanto Matheus Galdezani, Wellissol e Robson ganharam vagas no time inicial.

Assim como na estreia, o Coxa saiu atrás no placar no começo da partida, aos 8 minutos. Após bate e rebate, Filipe Santos cruzou de dentro da área, Rodolfo Filemon desviou e a bola sobrou limpa para Felipe Nunes, na linha do gol, escorar para as redes.

A equipe alviverde, atrás do placar, tentou responder rapidamente. Galdezani deu o primeiro chute a gol aos 15. Sete minutos depois foi Robson, de cabeça, que obrigou Dalton a fazer nova defesa.

A melhor chance coxa-branca foi na reta final. Robson achou Guilherme Parede infiltrando dentro da área, mas o atacante chutou em cima do goleiro, que fechou bem o ângulo.

Na volta do intervalo, o técnico Eduardo Barroca promoveu as entradas de Rafinha e Gabriel nas vagas de Thiago Lopes e Lucas Ramon, respectivamente. Ainda no início, em jogada individual, Rafinha chutou rasteiro nas mãos de Dalton, já Robson teve boa chance, mas se desequilibrou na hora de finalizar.

A 25 minutos do fim, o treinador alviverde tirou Galdezani e colocou Igor Jesus. O Coritiba mantinha a posse de bola, mas errava muito na tomada de decisão, seja no passe ou na finalização. O Rio Branco, acuado, se defendia bem e usava da famosa cera para passar o tempo. Wilson, por exemplo, não fez nenhuma defesa em todo o jogo.

Dessa forma, aos 24, a solução coxa-branca foi na bola parada. Em falta da direita, cobrada por Guilherme Parede, o zagueiro Rodolfo Filemon compensou o azar do gol do adversário, subiu alto para cabecear e empatou. O jogador estava em posição irregular, mas a arbitragem não assinalou impedimento.

Na reta final, o Coxa esboçou uma pressão para conseguir a virada, só que não conseguiu criar chances. Wellissol, em bom lance, deu o único chute a gol para defesa tranquila de Dalton.

Com 4 pontos e na quarta colocação, o Coritiba volta a campo no domingo, às 18h, na Vila Capanema, no clássico diante do Paraná Clube.

Próximos jogos
26/01, Vila Capanema: Paraná x Coritiba
29/01, Couto Pereira: Coritiba x Operário
02/02, Estádio do Café: Londrina x Coritiba

Por Tribuna do Paraná

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios