Destaque

Comércio em londrina fica aberto até domingo (5); Belinati anuncia recurso

Na tarde desta quarta-feira (1º), o prefeito Marcelo Belinati (PP) realizou uma live (transmissão ao vivo) para anunciar que o município de Londrina interpôs um recurso administrativo junto à Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), visando conhecer os fundamentos e indicadores utilizados para incluir Londrina entre os municípios mencionados no decreto estadual nº 4942 e solicitando às autoridades de saúde do Estado uma revisão dessa inclusão.

Um decreto municipal será publicado para esclarecer à população todas as medidas, determinadas pelo Governo do Estado, que devem ser adotadas a partir da próxima segunda-feira (6).

Segundo o prefeito, as novas regras causaram surpresa pela ausência de tempo para as pessoas, empresas e poder público se organizarem. “Não é simples fechar um estabelecimento do dia para a noite”, afirmou. Também chamou a atenção a ausência de dados específicos para comprovar a necessidade de quarentena. “Porque cidades com números piores que os de Londrina não precisam fechar e nós precisamos?”.

Belinati afirmou que o cenário atual de Londrina é efetivo no combate à pandemia. O prefeito também informou que o município investiu mais de R$ 40 milhões no combate ao novo coronavírus, através da compra de recursos e contratação de mais de 300 profissionais de saúde.

Ele também esclareceu que a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Londrina é de 44%, um número muito melhor que o de várias cidades paranaenses que não foram incluídas no decreto estadual.

Confira o relatório de ações estratégicas no combate à Covid-19 em Londrina.

Confira a live na íntegra:

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios