Notícias

Agências do Trabalhador vão atender também por chat online

No chat, empresários e trabalhadores que procuram ou ofertam vagas

A Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, por meio do Departamento do Trabalho e Estimulo à Geração de Emprego e Renda, disponibiliza uma nova ferramenta para atendimento ao trabalhador e empregador – o Chat do Trabalhador – criado como um canal de comunicação e orientação entre trabalhadores e profissionais das Agências do Trabalhador.

No chat, os empresários e trabalhadores de todo o Paraná que procuram ou ofertam vagas e que estiverem com dificuldade de finalizar o atendimento nas ferramentas digitais, tais como Portal Emprega Brasil, e aplicativos da Carteira de Trabalho Digital, Sine fácil e Paraná Serviços, vão receber o suporte técnico no ato da dificuldade, fazendo com que o trabalhador consiga chegar ao seu destino, seja para acionar o seguro desemprego, ou fazer o encaminhamento e oferta para vagas de emprego.

Para acessar o chat, basta entrar no link www.justica.pr.gov.br/Trabalho.

O objetivo é amenizar as dificuldades dos trabalhadores que não estão conseguindo ser atendidos adequadamente, como era na forma presencial nas agências. “Nos preparamos para realizar o trabalho remoto e estamos prontos para dar todo o suporte necessário ao trabalhador e empregador”, disse o secretário Ney Leprevost.

“Essa é mais uma ferramenta para que o trabalhador possa ser atendido da maneira mais rápida de segunda a sexta das 8h às 17h”, explicou o gerente da Agência do Trabalhador de Curitiba, Rafael Santos.

Por AEN

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios