Notícias

907 entidades sociais do Paraná recebem alimentos para população vulnerável

907 entidades sociais paranaenses devem receber um repasse de alimentos para distribuir a população vulnerável e também hospitais. Os alimentos, dentre eles frutas, verduras e suplementos repassados pelo programa Compra Direta Paraná, serão fornecidos por 148 associações e cooperativas da agricultura familiar que se credenciaram por meio de um edital de chamada pública.  Ao todo, mais de 12 mil agricultores estão envolvidos.

De acordo com o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, foram R$ 20 milhões destinados para os diversos centros de assistência e entidades filantrópicas. “Estamos fazendo chegar a quase mil entidades que cuidam de pessoas vulneráveis, na forma de asilos, casas de passagem, casa lar, hospitais filantrópicos, hospitais públicos, Cras, Creas e outras formas de acolhimento social”.

Ao todo, cerca de 500 mil pessoas devem ser beneficiadas com a distribuição dos alimentos. A ação ainda auxilia os agricultores e produtores de alimentos, já que os produtos são fornecidos de forma direta, sem a intervenção de outros setores.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios